domingo, 25 de dezembro de 2011

Quando todos engordam...

... eu perdi pelo menos umas 100 gramas, que era o peso da tiróide e do tumor folicular, a operação correu bem, e agora estamos em plena recuperação. 

Ainda me estou a adaptar a viver sem tiróide, tenho alguns sintomas que segundo as enfermeiras são normais, dormência nas mãos, tonturas, quebras de sono que quase caio para o lado com o sono, mas supostamente é até o meu corpo se adaptar à ausência de tiróide e à medicação.

O dia de ontem e hoje não foram fácieis por causa da operação sinto-me ainda muito cansada e tenho muitas tonturas, estou extremamente rouca, e ontem com a família do amor da minha vida e hoje com a minha sinto-me estoirada, hoje depois de almoço tive de me deitar um pouco sentia-me mesmo exausta.

Mas a recuperação está a correr bem, Quarta-feira vou ao Hospital outra vez e espero que me tirem os pontos, vamos ver o que a médica diz.

Para já é sopas e descanso, que da outra vez que fui operada não custou tanto.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Até que ficou fofita, não ficou?




Esta foi a malinha que a minha colega me pediu para fazer para a filhota dela de 7 anos, a minha colega amou, esperemos que a pequena princesinha também ;)

Eu cá para mim achei que ficou muito fofa, eu que sou doida pela Kitty estava capaz de ficar com ela :)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Ainda dizem que funcionam mal!

Ainda dizem que os hospitais públicos funcionam mal, no final de Outubro fui a uma consulta de cirurgia no Hospital de Santa Maria porque tenho um tumor folicular na metade da tiróide que ainda tenho (em Janeiro de 2009, tirei a metade direita, precisamente pelo mesmo problema), não é nada de grave, só tem um nome pomposo e assustador, mas tem de sair cá para fora, para não fazer asneira lá dentro.

Conclusão, hoje ligam-me do HSM: "Olhe estava a ligar para ver queria vir cá na 4ª feira que vem para ser operada na 5ª feira?" SIM, JÁ NA PRÓXIMA! Eu não estava a contar nada com a operação para já, tinham-me dito que em principio só lá para o ano que vem, mas a moça disse-me que nesta altura ninguém quer ser operado, e como tal não têm muitos pacientes, e eu subi logo para o topo da lista de espera.

Fui falar com os Boss's não podia dizer que sim sem falar com eles, era complicado, mas eles como sempre impecáveis disseram logo que sim.

Portanto dia 21/12/2012 dou entrada na cirurgia 1 de Santa Maria, para uma tiróidectomia, desta vez fico mesmo sem a dita cuja, que já só era mesmo metade, e vou ter de andar a comprimidinhos diários para o resto da vida, uma vez que não vou mais ter tiróide.

 Segue-se pelo menos duas semanas de baixa, e umas ligeiras dores de garganta :S

Hoje sinto-me...

... triste, ser responsabilizada por algo que não fiz, sujarem o meu nome por algo que não tenho nada a ver, deixa-me assim, triste!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Prenda personalizada

Hoje tive de oferecer uma prenda a uma colega de trabalho, como não conhecia bem os gostos dela, mas sei que és bastante gulosa decidi fazer umas guloseimas e oferecer, então como tinha lá muitas laranjas da laranjeira do meu sogro fiz um doce de laranja, eu não sou apreciadora de compostas e doces, mas a minha sogra que gosta bastante diz que está muito bom. A receita do doce tirei daqui e rendeu 6 frascos, sendo que dois eram bem grandes. Fiz também umas bolachinhas tiradas daqui, ficaram óptimas, a única diferença é que em vez de enfeitar com glacê, mergulhei-as em chocolate. Comprei ainda uma caixa de bombons Merci, mas claro personalizei tudo, um saquinho lindo de matrioskas, com um lacinho em fita de cetim.

Ela gostou imenso, e eu ainda poupei algum, e pelo menos dei uma prenda que sei que ela gostou.

Aqui vêem a feliz contemplada com o saquinho fofo na mão, quanto a mim ignorem o ar de parva, despenteada (ando a deixá-lo crescer e está naquela fase que não consigo fazer rigorosamente nada de nada dele) e os olhos esbugalhados, mas sou tão pouco fotogénica que até mete dó.

Eu recebi umas meias/pantufas bem fofas, e que me vão dar um jeito, gosto imenso de receber pijamas, meias, chinelos, pantufas, devo ser o único ser humano na terra, mas pronto eu também nunca disse que era normal certo?


Não são fofas?

Vocês também personalizam os vossos presentes?

Porque ele faz-me sentir assim...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Quando tu percebes...



... que és realmente gulosa?

Quando estás a falar com o teu namorado sobre o jogo novo que ele vai jogar online do Star Wars, e ele te diz que vai ser um Bounty Hunter, ou seja caçador de prémios, e tu lembras-te imediatamente do chocolate Bounty!

Pergunta: Qual era o pior castigo que me podiam dar?

Resposta: Ficar diabética!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Very pink...

Epá "passou-se-me" uma coisa cor de rosa pela cabeça e toca de "encorderosar" o blog todo, achei a imagem do cabeçalho um mimo e assim que a vi, soube que tinha de ser ela a encabeçar o template do blog.

E que tal? Gostam das mudanças?

Eva aho que agora se lê melhor, não achas?

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Momentos de criatividade

Com o Inverno à espreita, mas o frio já a apertar, fui buscar ao armário as botinhas de lã que fiz no verão, e como é óbvio, devido ao calor ainda não as tinha experimentado.
Foram as minhas primeiras botinhas de lã, aprendi com a minha avó, sempre amei essas botinhas, quando era pequena a minha avó fazia para mim e para a minha mana, e andávamos sempre com umas calçadas, era excelente para deslizar no chão envernizado da nossa antiga casa, muita patinagem não artistica fiz com a minha mana no nosso hall de entrada.
Este ano decidi que estava na altura de aprender a fazer, a minha avó já está muito velhinha, já não as faz, não queria perder essa herança tão bonita. Então lancei mãos à obra ao primeiro pare, que não é este nas fotos, porque a minha primeira tentativa, perdeu-se! Eu explico, levava o meu saco da malha na mala, e ia de mota com o amor da minha vida para os meus sogros, como iamos atrasados  ele acelerou um pouco mais do que o costume, os fechos da mala abriram-se e quando cheguei ao destino percebi que tinha perdido o meu querido trabalho. Não desanimei fui logo comprar novas lãs e lancei novamente mãos à obra, e tcharannnnnnnnnn:




Acho que para primeiro pare não ficou mal de todo, claro que tenho de melhorar em alguns aspectos, mas fiquei muito satisfeita com o resultado final.
Não liguem às fotos, mas foram tiradas comigo em modo pijaminha, e as meias que vêem às riscas, são peúguinhas do hó hó.

Mas as minhas inspirações criativas não ficam por aqui, como tinha restos de tecidos lá em casa, e andava a querer uma espécie de mala/saco mas personalisado, decidi tentar a sorte:




Amei! Modéstia à parte ficou muito mimoso, deu uma trabalheira imensa, foi tudo feito à máquina, mas no fim para unir as várias partes, como era muito grosso não cabia na máquina e tive de coser tudo à mão, e aí é que foi uma canseira.
Mas no fim amei o resultado final, agora já comprei uns tecidos para fazer mais umas coisinhas, depois posto as fotos.

sábado, 26 de novembro de 2011

Sabe tão bem....


 ... acordar ao fim de semana mais tarde, e pôr todo o meu soninho acumulado ao longo da semana em dia :)

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Quentes e boas :)

Pois é tenho andado tão longe o tempo tem sido tão excessivamente curto que nem o computador ligo ao fim do dia.

Novidades? Sim, quentes e boas :) comecei a trabalhar num escritório de Solicitadores (área que tenho formação e trabalhei durante 4 anos) à cerca de 2 meses, e está a correr mesmo muito bem, gosto dos patrões e gosto muito das colegas em geral, somos uma boa equipa, e isso deixa-me satisfeita.

Mas para mim as melhores novidades são as que vêm a seguir, tchannn tchannnn tchannnnn (rufem os tambores), eu e o meu amor da minha vida (tenho de lhe arranjar um nome mais curto...) demos entrada de um processo para comprar uma casinha para nós e para o ano vamos casar, yeahhhhhhhhh.

Vai ser uma coisa simples estamos curtos de trocos e com a compra da casa ainda vamos ficar mais lisinhos, lisinhos... por isso, a minha querida amiga Marjane sugeriu-nos que convidasse-mos a família e amigos que gostaríamos que estivessem presentes, mas com o lembrete no convite (que seguirá por email, salvo raras excepções, tipo avós que não têm email :p) que em vez de nos darem prendas, pagam a parte deles no casamento, e assim vamos poder ter todos presentes no nosso dia :)


Ainda não temos a data marcada, mas entre este mês e o próximo será marcada, e eu estou super ansiosa, pela casa e pelo casamento, toda a vida disse que não queria casar, mas este homem fez-me querer tudo, ele é realmente algo de muito especial.


Bem resumindo, estou feliz, aliás muito feliz, e vou tentar vir cá mais vezes actualizar a coisa!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A minha primeira vez!

Depois de um mês a escavar como se fossemos chegar à Austrália, tive um merecido descanso de 15 dias na casa dos meus avós na Lagoa de Albufeira. Passo lá férias desde miúda, aquilo é o meu paraíso, é uma paz e um sossego que não se encontra em muitos sítios.

Na Lagoa o meu avô tem uma pequeníssima horta, onde tem duas figueiras, que dão figos muito docinhos (segundo dizem, porque eu só os apanho, detesto figos), conclusão, as figueiras estavam pejadinhas de figos maduros, para não se estragarem e aproveitar decidi fazer doce de figos, nunca tinha tentado fazer compotas ou doces desse género, mas correu bem, segundo quem provou, porque tal como não gosto de figos não gosto nada de doce de figos, mas quem provou disse que ficou muito bom. A receita tirei-a daqui. Ainda rendeu 3 francos e meio, que já estão todos destinados ;)


Até não têm mau aspecto hein? A foto é que não é muito boa é de telemóvel :S

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

De Aljezur...

também trouxe uma novidade, mas não tão boa como a de Almeida, essa escavação para mim acabou antes do tempo, fiquei com o nervo ciático inflamado e não pude escavar mais, confesso que não me importei muito, uma vez que estava a detestar aquela escavação, o ambiente era péssimo, era só putos, só diz que disse, só comentários maldosos, resumidamente muitos putos com a mania que já são gente!

Tive de ir lá ao centro de saúde, uma vez que por causa do nervo ciático estar inflamado não conseguia andar sem coxear, a médica encostou-me logo às boxs, e com direito a picas no rabo durante 4 dias :S já as levei todas, e estou melhor, mas a médica de Aljezur suspeitou da possibilidade de uma hérnia, e recomendou-me a falar com a minha médica de família e fazer um TAC, agora só tenho consulta dia 02/09. Já não estou coxa, mas ainda não estou boa, ando sempre com dores na coluna, na zona lombar, e esta noite não dormi nada, com o sacana do nervo a doer em todas as posições. O meu amor está muito preocupado, acha mesmo que é uma hérnia, eu não sei, mas logo se vê!

E perguntam vocês como é que numa escavação se lixa as costas todas? É simples, estar um dia inteiro a sacar calhaus com alguns 8 kg com uma picareta, quase parecíamos os sete anões da Branca de Neve, com a diferença, que éramos mais de sete!

Mas nem tudo foi mau, tive hipótese de ver animais super interessantes, vi vários escorpiões, e fotografei um, mas ainda não passei as fotos para o pc, depois partilho. Vi o que o meu Professor chama de cobra com pernas, mas eu acho que é uma qualquer espécie de lagarto, depois também partilho, e o melhor de tudo, vi e agarrei numa cobra linda, foi muito engraçado.
Comecei a ouvir umas colegas aos gritos e aos pulos, e percebi que era algum animal deste género, primeiro pensei "ah devem ter encontrado outro escorpião!" mas depois comecei a ver as minhas colegas a tentar agarrar, e aí pensei "bem escorpião não é, não eram tolas de pôr a mão num escorpião", mas não dei mais atenção ao caso e continuei a trabalhar, mas as minhas colegas continuaram no drama delas, entretanto um colega vem ter comigo e diz-me: "é uma cobra", bem e aí eu tive de lá ir ver, sou doida por répteis, cobras em especial, então lá fui eu, e vejo um bando de raparigas histéricas, a tentar apanhar uma cobrinha de 50 cm, em pânico, e vou passar a relatar o que se passou daqui em diante: eu começo a ver a cobrinha a tentar enfiar-se numa casota de pedras, que as minhas colegas tinham feitos para manter as águas à sombra, e fica com o rabo de fora, vejo as minhas colegas a tentar direccionar a cobra para um balde, eu numa fracção de segundos agarro no rabo da cobra, mantenho-a no ar, e vou colocá-la num sitio de chorões em segurança.
Tenho pena de não ter tirado nenhuma fotografia, mas estava na ponta oposta à minha máquina fotográfica, tinha de ir a correr, tirar a máquina da mochila, pedir a alguém que tirasse a foto, e depois pôr o animal em segurança, mas não fui capaz, a cobrinha estava tão assustada, só queria sair dali, e foi o que fiz, com muita pena minha, sem uma foto para a posterioridade, ela era linda, em tons castanhos e amarelos. Depois disso oiço o seguinte comentário do Professor, "ora vêem, tanto drama, a Lara chegou aqui e resolveu logo isto!", lol e eu a pensar "ainda à bocado andavas (o Professor) aí aos saltos a fugir da cobra que ia na tua direcção!"

Deste momento valeu-me a alcunha de Shao Lin, porque as minhas colegas disseram que eu fui tão rápida a apanhar a cobra que elas quando viram eu já a tinha na mão e estava a virar costas, lol, valeu-me ainda o contacto com um animal extraordinário, que merece ser respeitado e admirado.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

De Almeida...

...trouxe uma nova paixão, descobri o meu momento zen, aquele momento tão perfeito, tão só nosso, onde a nossa consciência adormece e todos os problemas ficam em stand-by, já tinha tentado Yoga, meditação e vários desportos, mas nunca nenhum me trouxe tanta paz como este.

Junto da escavação no castelo de Almeida existe o Picadeiro D'El Rey, onde se situam os estábulos da câmara, e era lá que deixávamos diariamente o nosso material de trabalho, comecei por ir ver os cavalos, amo animais, e ver tanta imponência e beleza num animal só é maravilhoso, de inicio ia um pouco a medo, sei que no geral são animais meigos e dóceis, mas quando não estamos habituados, aquele tamanhão todo pode ser assustador. Ao fim de uns dias já me aproximava sem medos, e acariciava-os.
Ao fim de uns dias, uma colega muito querida para mim, sugeriu que fizéssemos uma aula de sela, aceitei um pouco a medo, pois só tinha andado uma vez a cavalo, para aí com os meus seis anos.

No dia da aula estava com um pouco de receio, mas lá fui, nunca fui de desistir de nada por medo, esta não ia ser de certeza a primeira vez, lá fui toda suja, com a roupa de escavação, toque (capacete próprio de equitação) na cabeça e toca de subir para cima da Borboleta (a égua mais dócil do estábulo), e aí pela primeira vez senti, o mundo parou era só eu e a Borboleta, ia ouvindo as indicações do instrutor e tudo me parecia tão natural, infelizmente eram só 30 minutos de aula e conforme começou, logo acabou. Não demorou muito a ir lá fazer uma segunda aula, desta feita de 50 minutos, lá comecei a andar novamente na doce Borboleta, assumi logo a postura que me tinham ensinado na aula anterior, mas sem esforço, naturalmente, o instrutor quis que eu começasse a tentar trotar, e eu consegui, na minha segunda aula eu já conseguia trotar com alguma facilidade, e durante a aula ouvi os seguintes elogios do instrutor: "Tens uma excelente postura natural! O que estás a fazer na segunda aula de equitação (trotar, e conseguir já levantar e sentar, ou seja, acompanhar o trote da égua) é espectacular, é raríssimo alguém conseguir isso com tão poucas aulas! Olha se houvesse muitas pessoas como tu as escolas de equitação iam à falência, não precisarás de muitas aulas". Confesso que fiquei felicíssima com estes elogios, não pelo elogio por si só, mas porque descobri que amo equitação, e que quero aprender como deve de ser a montar, e percebi, que modéstia à parte, tenho naturalmente jeito para isso, para fazer uma coisa que amo.

Dos cavalos, amei todos, mas apaixonei-me por dois o Brickel e a Borboleta, nunca montei o Brickel é gigante, mas é o cavalo mais fofo do mundo, para além de estar sempre a tentar comer a minha garrafa de água e a minha t-shirt.

 Eu e o Brickel

 O gigante do Brickel

 A Zara

 Eu a montar a Borboleta

Eu e a Borboleta

sábado, 16 de julho de 2011

Para a mamã

Aqui fica fotos da bolsinha que fiz para oferecer à minha mãe, fiz vários retalhos, costurei-os uns aos outros, para fazer um "pano", e acrescentei-lhe uma flor, o resultado final foi este:





A minha mãe adorou, mas como não queria estragar ao andar com ela na mala, colocou a enfeitar no quarto dela como uma espécie de guarda-jóias, ficou uma ideia gira, quando der tiro umas fotos para mostrar.

Nos próximos quinze dias vou estar outra vez ausente, já que vou escavar, desta vez para Almeida, quando voltar vou aos vossos cantinhos.

Beijinhos, boas férias para quem ainda não as gozou e bom trabalho para quem já regressou delas =)

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Londres dos meus sonhos

Londres continua aquela cidade linda e enérgica pela qual me apaixonei em 2008, a primeira vez que lá fui. A viagem correu lindamente, fartá-mo-nos de passear, fomos a uns quantos parques e alguns deles lindíssimos, vimos tudo e mais alguma coisa, apanhamos dias bons e dias de chuva, jogamos wii (e eu sou péssima, diga-se de passagem), jantamos num tailandês, comi uns deliciosos muffins de chocolate branco e morangos caseiros, ajudaram-me a levantar a minha auto-estima, recebi uma camisa/túnica lindíssima, fui presenteada com um anel de noivado =), enfiei-me quase um dia inteiro no British Museum e amei, andei de bicicleta naquelas estradas ultra movimentadas e borrei-me de medo de ser atropelada, fiquei esgotada de andar, vim de lá com um presente extra que não pedi, uma bela constipação :S, apeteceu-me entrar em algumas lojas e não sair de lá nunca, e o melhor de tudo é que pude matar saudades da minha amiga do coração que está a viver lá, enfim a viagem foi maravilhosa como podem ver em algumas das fotos.




Ah como eu amo a natureza lol












 
  Lindíssimas pontas de setas do British Museum


  Majolicas do B.M.

 Vaso de verniz negro grego.

 Caveira Maia

 Escultura Maia



 Cruz celta

 Alfinetes celtas

 Torques Celtas

 Estátua da ilha de Páscoa

 Elmo de Sutton Hoo

 Eu e o Quebra Nozes

 Big Ben e as casas do parlamento

 Big ben

 O anel de noivado

 Guarda de cavalaria


 London eye

 O tambor =)

 Olh'ó gajo!

 Bolo de aniversário do meu amor, feito pela minha amiga.

 London Bridge

Ainda me deu uma bicada no dedo =)