quinta-feira, 31 de março de 2011

Às vezes sou tão, mas tão abécula, que se me agarrassem pelos cabelos e corressem as calçadas de Lisboa com os meus dentes a fazer de piano ainda era simpático!

Eu tenho melhor namorado do mundo, porque tenho, é meigo, dedicado, doce, nunca por nunca ser se zanga ou farta de mim, tem uma paciencia que nem Jó teria, e ainda por cima é lindo e inteligente.

E eu depois sou uma besta que quando me chateio (frequentemente sem razão) levo tudo á frente e faço birras ridiculas só porque ele estava a trabalhar e eu ligue-lhe e ele não me pôde dar que eu queria e à qual estou habituada.

E o pior é que ele é tão maravilhoso, que me pede desculpa porque fiquei triste, quando eu fui uma besta, eu não mereço este homem, mas ele apareceu na minha vida e foi o euromilhões que me saiu, não tenho o direito de pedir mais nada a esta vida.

E por isso deixo aqui o meu pedido de desculpas ao meu amor, amo muito a ti paixão, obrigado pelas toneladas de paciencia que tens para mim e de amor que tens por mim.

terça-feira, 22 de março de 2011

Vídeo Oficial da Hora do Planeta 2011



Hora do Planeta, é uma iniciativa muito bonita que se realiza todos os anos, e durante uma hora pagamos todas as luzes, todos os electrodomésticos que temos a consumir energia em casa, e mandamos um repto aos nossos governantes queremos um planeta mais limpo.

Este ano a iniciativa vai tomar lugar no dia 26 de Março pelas 20:30 horas, vamos lá apagar as luzes pessoal =)

Why i went vegetarian #2

segunda-feira, 21 de março de 2011

Say thanks to nature :)

Como é do conhecimento geral, hoje é dia das árvores e da floresta, e eu não podia deixar esse dia em branco, uma vez que é um dos meus preferidos.
O nosso pequenino país tem uma das maiores áreas florestais da Europa, cerca de 3,3 milhões de hectares, cerca de 38% do território nacional.
Infelizmente esta mancha verde em Portugal não está lá muito saudável, e definitivamente cada vez menos verde. Devido aos violentisimos incêndios que temos tido no Verão, a nossa floresta tem vindo a sofrer grandes revés, entre 1 de Janeiro e 15 de Outubro de 2010 arderam quase 129.000 hectares. Muito destes incêndios têm mão humana, quer de origem criminal, quer por negligência, mas um dos maiores factores de incêndios destas proporções é o mau ordenamento das nossas florestas, e como é óbvio as alterações climáticas, como temperaturas extremamente altas e ventos fortes. Doenças e pragas dizimam milhares de plantas sem que nada seja feito para as parar, a introdução de espécies de invasoras que acabam por eliminar as espécies autóctones ou pelo menos dificultar-lhes bastante a vida, e como se tudo isto não fosse suficiente, temos ainda a questão dos agrocombustiveis que ameaçam ainda mais as florestas do perigo já tão acentuado da desflorestação.
O que todos temos que perceber é que sem as florestas não haveria o equilíbrio dos ecossistemas, essencial à vida humana, a libertação de oxigénio e armazenamento de dióxido de carbono, etc, as florestas são essenciais à vida no planeta terra e nós temos que meter isso de vez na nossa cabeça.

Para sabermos se temos uma atitude verde vamos fazer um questionário a nós mesmos:

- Tenho noção da minha pegada ecológica, e sei o impacto das minhas acções no ambiente?

- Faço reciclagem?

- Reutilizo sacos, roupas, etc?

- Eu reduzo os desperdícios, evitando a comprar de produtos descartáveis?

- Utilizo veículos amigos do ambiente, ou ando de transportes públicos ou de bicicleta?

- Evito ao máximo o desperdício de água?

- Poupo electricidade, utilizando lâmpadas ecológicas, e electrodomésticos classe A, etc?

- Como pelo menos uma vez por semana alimentos biológicos e ecológicos, e tento substituir um refeição de carne/peixe por uma refeição vegetariana?

- Tento consciencializar familiares, amigos e vizinhos a adoptarem uma vida mais verde?

Ao nos fazermos estas perguntas podemos ter noção do que já fazemos e no que podemos melhorar, algumas destas questões eu já as adoptei, mas outras em que posso claramente melhorar. Mas se todos adoptarmos pelo menos uma destas medidas, não nos custa absolutamente nada e já estamos a ajudar o planeta.

Dicas para poupar água:

- Colocar uma garrafa de 1/5 litros cheia de água ou terra dentro do autoclismo, desta forma quando este enche após uma descarga leva menos água, mas é mais do que suficiente para eliminar todos os detritos.
- Aproveitar a água de lavar verduras para regar plantas.
- Colocar redutores de caudal em todas as torneiras de casa.
- Encher bem a máquina de lavar roupa para aproveitar a capacidade máxima da mesma, evitando desta forma fazer tantas lavagens.
- Substituir os banhos por duches rápidos.

Dicas para poupar energia:

- Não deixar electródomésticos em stand-by, pois estão a consumir energia.
- Após o carregamento do telemóvel, retirar o carregador na ficha, quando o deixamos conectado à ficha ele fica a consumir uma pequena quantidade de energia.
- Colocar o fundo do nosso computador preto, ou pelo menos escuro, gasta menos energia.
- Utilizar lâmpadas económica.
- Comprar electrodomésticos classe A.

Dicas para poupar em geral:

- Ter sempre na mala um saco de compras, agora até há uns de tecidos todos fashions, assim evitamos comprar um saco de plástico, o meu anda sempre comigo.
- Comprar roupa em segunda mão, ainda não o fiz, mas é a minha próxima medida a melhorar.
- Não deitar lixo para o chão quando estamos na rua.
- Educar e incentivar as crianças a uma vida mais verde.
- Adoptar alguns pratos vegetarianos para fazer pelo menos uma vez por semana.

Estas são apenas algumas ideias, se adoptarmos algumas já estamos definitivamente a ajudar, é uma obrigação de todos, pois todos vivemos neste planeta.

domingo, 20 de março de 2011

Why i went vegetarian # 1



É triste ver o que a nossa arrogância e a mania que somos mais que os animais, faz aos animais e ao planeta terra.

sábado, 19 de março de 2011

Sinto falta da minha canininha



A minha canininha para quem não sabe é a minha melhor amiga, e eu sinto falta dela, ela foi atrás do sonho dela, e agora está longe de mim. Estou muito feliz por ela, nunca fomos daquelas amigas de estarmos sempre penduradas uma na outra, de andarmos sempre a ligar ou a mandar sms's, mas sempre soubemos que se uma de nós precisa-se a outra estaria lá para o que desse e viesse.
Com ela fiz de tudo um pouco, estudámos juntas, trabalhamos juntas, inventámos os planos mais mirabolantes juntas, experimentámos as roupas mas ridículas da loja só porque sim, comprámos roupa uma para a outra para não nos sentirmos culpadas com o gasto, chorei no ombro dela, e ela no meu, dormimos juntas, ficamos afónicas em Marrocos juntas, ficávamos em silêncio juntas o tempo que nos apetece-se sem que isso nos incomodasse minimamente, ela esteve lá no pior dia da minha vida, e um mês depois eu estive lá para ela no pior dia da vida dela.
Agora ela foi embora e eu tenho saudades das nossas tolices e gargalhadas juntas, agora ela foi embora e eu tenho tantas, mas tantas saudades dela que o meu coração fica apertadinho de tristeza, bem sei que daqui a uns meses a vou ver, e que daqui a um ano e maio vou para ao pé dela, mas o tempo parece que não passa e as saudades crescem estupidamente, e eu tenho saudades de lhe dar um abraço apertadinho e de lhe dizer que a adoro.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Love

If i believe it, definetely no, but for him i defenitely would believe, even in the weirdest things, as god.

terça-feira, 15 de março de 2011

Horny, horny, horny

Eu sou toda a favor do amor, do sexo, do engate, desses joguinhos sensuais, etc, etc, etc, mas please get yourself together girl/boy.

Ora portantes o que se passa é o seguinte, tenho aqui uma mocinha e um moçoilo sentados ao meu lado na aula, e a moça claramente tem uma atracção algo animalesca pelo moço, ora ela está sempre agarrada ao rapaz, a dar-lhe festas, a meter-lhe as mamas literalmente na cara (o que me faz preocupar com o bem estar do rapaz, é que com o enorme par de mamas da rapariga, ela ainda o sofoca) ele muito honestamente não me parece particularmente interessado.

Á minha frente outro caso, um mancebo claramente in love pela donzela, e a donzela claramente not ginving a shit for that, ele passa a santa aula a fazer-lhe cócegas, dar-lhe festinhas no cabelo e pescoço, a pôr o braço à volta da cintura dela (a melgá-la de morte) e ela a enxotá-lo como se não houvesse amanhã!

Mas eu estou a torcer por eles, só achava simpático e agradável da parte deles que parassem de se tentar meter dentro das calças dos respectivos apaixonados em plena aula. É verdade que a aula está uma seca de criar chagas, ao ponto de me levar a estar a escrever sobre os engates sexuais dos meus colega em vez de estar a ver os diapositivos de barcos afundados na barra do Tejo, but please get a room!

sexta-feira, 11 de março de 2011

It's All So Quiet...shiu não façam barulho



Sempre que estou numa biblioteca lembro-me desta música e apetece-me partir a loiça (neste caso, talvez livros) toda.

Está uma senhora na recepção sempre a mandar calar quem ousa levantar um decibel a mais a voz, mas ela fala mais alto que o pessoal todo junto.

A esta hora deveria estar a fazer o meu trabalho e não aqui a perder tempo, mas como estou carregadinha, mas assim mesmo cheinha, mesmo, mesmo com toneladas, mas mesmo, mesmo com tanta vontade de o fazer, decidi vir para aqui perder tempo, òspois queixo-me das notas. raisparta-à miúda que nã tem
juizo.

terça-feira, 1 de março de 2011

É oficial, estou tramada :S

Tenho de fazer um trabalho para uma cadeira que ainda mal o comecei e já me está a lixar.
Como são materiais inéditos o professor quer que eu faça um trabalho para publicação, o que é optimo para mim como aluna ter já um trabalho publicado e o nome na praça. A questão aqui é que para fazer um trabalho em condições preciso de desenhar os materiais, e aí é que a porca torce o rabo, é que já não desenho desde 2005, já não me lembro das técnicas, e por isso estou lixada com F grande.