sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Mais vale tarde do que nunca...

Em Janeiro comprei a mobília nova do meu quarto, conforme tinha dito aqui iria tirar fotos para mostrar, mas como sou uma preguiçosa só agora as tirei :S

Aqui vai, espero que gostem, aceitam-se sugestões :)


Este é o ninho de amor, hehehe, a mobília é toda do Ikea, quando vi esta cama no site deles apaixonei-me na hora. O ursinho é o Billy e foi o meu amor que me ofereceu e eu gosto tanto dele que apesar de não ficar nada bem ali, não o consigo tirar.


Esta foi a cómoda que comprámos, é metade para cada um. Gostei muito dela pela simplicidade e ser grande e espaçosa.


Esta cadeira foi uma herança, o meu pai era marceneiro, e dos bons :)  certo dia um cliente foi lá deixar umas cadeiras velhas e pediu para se desfazerem delas, o meu pai achou-lhes piada e ficou com uma e lacou-a e forrou com um tecido azul escuro, da cor da decoração do hall da casa dos meus pais. Quando a vi, ia-me dando uma coisinha má, comecei logo a perguntar pelas outras, quando ele me disse que tinham ido para o lixo, então aí é que me deu mesmo um AVC, depois disse ao meu pai, que estas cadeira são muito antigas, dos princípios do século XIX e que valem uma fortuna, but too late, já tinham ido à vida e só sobrou esta. Quando comprei esta mobília a minha mãe quis oferecer-me esta cadeira, não só ficava linda com o resto da mobilia, como era uma linda recordação do meu pai.



As mesas de cabeceira são a única peça que não é do Ikea, são mesmo do contentor do lixo :P encontrei-as tristes, sós e abandonadas e apaixonei-me por elas, mandei-as pintar e acho que ficam lindas.
As garrafinhas nas mesas de cabeceira, é para matar as securas a meio da noite sem ter levantar o rabiosque.


Esta árvore é muito especial, foi feita por uma grande amiga minha e serviu para expor os cartões com as mesas no meu casamento, acho-a tão linda que tinha de estar em destaque.


Isto eu odeio, tudo mesmo, a janela, o cortinado, a caixa dos estores. A nossa casa é antiga e precisa de obras, mas o dinheiro é curto, as janelas são de madeira, e aquela caixa de estores também, horrível que dá medo, ando a pensar em pintar tudo de branco, odeio aquela cor. Os cortinados são os que já lá estavam, ainda não encontrei uns que me encham as medidas, portanto, estes horrores vão-se mantendo :(

 Este é o roupeiro, é enorme e lindo, não tem puxadores :S não trazia e nós ainda não comprámos, somos mesmo desleixados.



E o que falta nestas paredes? Quadros! Ainda não encontrei os prefeitos, vi uns que gostei muito, mas eram pequeninos, queria uma coisa maior.


E este é o candeeiro, também do Ikea e que acho que dá um toque lindíssimo.

Espero que gostem, venham as ideias e opiniões :)

terça-feira, 21 de agosto de 2012

É que cansa...

E o que é que cansa?

Andar no ginásio, não sou nada dada a ginásios… aliás a qualquer desporto que signifique me mexer e ficar cansada :P mas por causa de um problema de costas que arranjei aqui, o meu médico explicou-me que o problema que eu tenho nas costas é pouco comum, mas acontece. 

Enquanto as pessoas normais (porque eu não sou normal, definitivamente) quando têm problemas nas costas, normalmente têm as costas tortas, eu tenho-as direitas demais.:S Pois, segundo ele devido ao esforço que fiz, os meus músculos lombares contraíram de tal maneira que me estão a forçar a coluna a uma postura direita demais, sem a curvatura anatómica normal. 

O remédio era bastante simples, reforçar os músculos lombares e abdominais, então eu e o meu amor inscrevemos-nos no ginásio, eu para ver se melhoro e ele para perder uns quilinhos que ganhou desde que começamos a namorar.


O pior é os horários, nós vivemos nos arredores da capital, e trabalhamos em Lisboa, perdemos cerca de uma hora nos transportes para ir para o trabalho e outra para voltar. O nosso ginásio é em Alvalade, então tínhamos um problema, a que horas ir ao ginásio? Se fossemos ao fim do dia de trabalho não chegávamos a casa antes das 22:00 horas, e eu odeio chegar tarde a casa, gosto de aproveitar a minha casa, para descontrair e relaxar depois de um dia de trabalho. Então a única opção era ir antes do trabalho, então levantamos-nos às 5:30 h, entramos no ginásio às 7:00 h e depois ala para o trabalho. 

Custa um bocadadinho, mas já organizámos tudo para nos deitarmos cedo e termos as horas de soninho necessárias.


E uma coisa é certa está quase a fazer um mês que lá estou e as dores nas costas já melhoraram, por isso, por muito que me custe tirar o rabo da cama, tem de ser, já me sinto melhor.:D

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Desaparecida? Eu? Hum... mais ou menos

Bem conforme diz o título deste post tenho estado mais ou menos desaparecida. Porquê mais ou menos, porque não tenho feito posts, nem comentários, mas tenho visitado quase que diariamente os vossos cantinhos.

 E porque tenho andando assim longe? Bem como vos tinha dito andava a estudar, para fazer uns exames entrar para uma nova licenciatura. A coisa correu mal, chumbei e com nota baixa, o tempo para estudar foi pouco e a matérias era muita e difícil, pelo menos para mim que não sou daquela área.

Mas nem tive tempo de ficar triste (bem... fiquei um pouco), pois logo, logo a seguir foi o dia mais feliz da minha vida, o dia do meu casamento, (eu sei que isto soa a cliché, mas de facto foi o dia mais feliz da minha vida).

Quanto a esse dia, o que posso dizer que não se torne redundante? Foi um dia bonito, ligeiro, sem aqueles stress's de casamentos e noivas tipo panela de pressão, super nervosas, estávamos calmos, relaxados e tranquilos, e isso reflectiu-se nos convidados. Correu tudo maravilhosamente bem, tirando a abertura da pista de dança, que nos esquecemos que teríamos de fazer, e não treinámos nada, como seria de esperar correu tremendamente mal, e eu ia caído mal iniciámos aqueles movimentos descoordenados e assustadores que chamámos de dança (é de fazer notar, que eu tenho dois pés esquerdos e o meu amor os pés chumbo, pelo que só pode dar asneira, para ajudar mais à festa eu tenho a coordenação motora de um avião a despenhar-se e sou altamente propensa a acidentes).

Agora que regressei, vou tentar dar noticias com mais regularidade.